sexta-feira, 17 de outubro de 2008

pano de cozinha

pano de cozinha com boneca a saia é feita em croché tirei o modelo do blog croché Sandra ,fiz um picô em volta e um bico ao fundo

6 comentários:

Anónimo disse...

ola tete
o pano esta uma ternura
adorei as suas malas
adorava aprender a fazer
não me quer ajudar?

bom fim de semana
kris

Eunice Martins disse...

oi amiga boa tarde ficou lindo o seu pano parabéns.


Voz de Amigo

"É a voz do gostar,
É a voz do alertar,
dizendo nas palavras,
hei! acorde...Quero te ajudar!!!
É a voz que vem com o que precisamos ouvir,
ler, perceber, interiorizar...
Quando não conseguimos ler a nós mesmos,
Quando nos falta o chão, o teto, o rumo..
Vem como um "cutucão" benigno..
Uma sacudida,
Um alerta..
Uma sirene que soa o nobre sentimento,
de luz,
imenso cuidar..
Vem com tanta verdade,
mas, com o cuidado de não magoar..
Uma voz que Deus usa,
que vem devagar..
Que inunda...
Que traz alegrias..
Que contagia..
Uma voz de anjo,
Uma voz de irmão escolhido...
Presentes e presente..
Nos dois sentidos..o de estar e,
o de jóia inestimável..
Um mestre de consciência...
Mestre paciente para ouvir,
Ser cúmplice nas dores e alegrias...
Mãos estendidas,
entrelaçadas...
Dádiva da vida...
únicos,
senhores do bem:
VOZ DE AMIGO !
Que seu fim de semana seja de paz, saúde, amor e muitas alegrias, beijocas a mil.

Flor disse...

Ola, vim fazer uma visitinha, e
gostei muito do paninho
parabens e bom fim de semana
Flor

Raquel disse...

Olá Tete,
Eu pude ver o pano ao vivo e posso assegurar que é lindo.
Bom fim de semana
Raquel

Catarina disse...

Olá, madrinha...
Gostei do pano com a boneca...
Fica muito giro e original...
bom fim de semana
Beijinhos da madrinha

Eunice Martins disse...

Para Todas as Horas


Um filho perguntou a mãe:
- Mãe, eu posso ir ao hospital ver meu amigo? Ele está doente!
A Mãe responde com uma pergunta:
- Claro, mas o que ele tem?
O filho com a cabeça baixa, diz:
- Tumor no cérebro.
A Mãe furiosa diz:
- E você quer ir pra que? Vê-lo morrer?
O filho lhe dá as costas e vai...
Horas depois ele volta vermelho de tanto chorar... dizendo:
- Mãe, foi tão horrível, ele morreu na minha frente!
A Mãe com raiva:
- E agora?! Tá feliz?! Valeu a pena ter visto aquela cena?!
Uma última lágrima caiu de seus olhos
e acompanhado de um sorriso, lhe disse:
- Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer...
- EU TINHA CERTEZA QUE VOCÊ VINHA!!!

Moral da história: A amizade não se resume só nas horas boas,
de alegria, e de festa... Amigos, são para todas as horas,
boas ou ruins, tristes ou felizes!!!

DESEJO QUE SUA SEMANA SEJA MARAVILHOSA
BEIJOS EM SEU CORAÇÃO.